F1: Sauber apresenta o C37

a carregar vídeo

O início de uma nova era. O primeiro carro da parceira Sauber/Alfa Romeo foi apresentado hoje e simboliza a esperança num futuro melhor da equipa suíça.

Joerg Zander, responsável pelo desenho do carro afirmou que o conceito aerodinâmico da máquina foi completamente revisto e é muito diferente do que existia no C36:

“Estamos confiantes que a nova filosofia nos abrirá mais oportunidades e nos permitirá melhorar muito ao longo do ano.”

Com o apoio da Ferrari, a Sauber espera poder dar um salto qualitativo e lutar de igual para igual com a Haas e a Toro Rosso. Depois de um ano na cauda do pelotão, a vontade passa por regressar às lutas do meio da tabela e incomodar equipas como a Renault ou a Force India em algumas corridas, havendo no entanto a noção que tal será apenas possível em determinadas condições e que para 2018 o foco será em melhorar o chassis, uma área em que a equipa precisa de evoluir muito, para aos poucos poder crescer.

Vasseur afirmou anteriormente que a equipa precisava de encontrar um plano a médio prazo para seguir, tal como fez a Force India no passado. A prioridade foi colocada na aerodinâmica que precisava de ser revista e este novo conceito é a resposta a essa necessidade. O caminho é longo mas o forte apoio da Ferrari que fornecerá motores actualizados é importante na tarefa de voltar a colocar a Sauber no trilho do sucesso.

O esquema de cores não mudou muito em relação ao apresentado, aquando da oficialização da parceria, como vermelho e o branco a serem as cores fortes, com o simbolo da Alfa Romeo em grande destaque. Ao nível do desenho, ao contrário do que se poderia esperar, não existem grandes semelhanças com o Ferrari de 2017, e o carro preserva alguns traços que caracterizavam o Sauber C36.