Fórmula E: Lucas di Grassi vence no Canadá e adia decisão do título

Ao vencer a primeira corrida do fim de semana da Fórmula E em Montreal, Lucas di Grassi assumiu o comando do campeonato e deixou a decisão do título para o segundo confronto.

O brasileiro da Audi Sport Team Abt sabia que se ganhasse tinha algumas hipóteses de passar para a liderança da competição, já que o seu rival, Sebastian Buemi partia 11 posições atrás como resultado de uma penalização na grelha por troca de bateria no seu monolugar.

Buemi fez tudo para não perder o comando do campeonato, mas Di Grassi, ainda que vencendo com bastante dificuldade, porque pressionado por Jean-Eric Vergne, beneficiou do facto de Buemi ter feito uma recuperação que foi travada por Stéphane Sarrazin, que negou ao suíço da Renault eDams o último lugar do pódio.

Numa corrida que António Félix da Costa concluiu na mesma posição em que a início, na 15ª posição, Sebastian Buemi foi, como se percebe, o piloto que mais riscos correu no traçado de Montreal, chegando a perder lugares depois de um toque que afetou a direção do seu monolugar. O suíço arranjou maneira de lidar com o problema, e antes de trocar de carro já rodava entre os dez primeiros. Depois desentendeu-se com Daniel Abt na saída das boxes, iniciando a recuperação que o levaria ao quarto posto final. Pelo meio outros pilotos fizeram o ‘favor’ de lhe ‘sair do caminho’, nomeadamente quando José Maria Lopez perdeu o controlo do seu carro, batendo nas barreiras da última curva e fazendo ‘sair’ o ‘safety-car’, que como se sabe é pilotado por Bruno Correia.

Quando a prova foi retomada Nicolas Prost ‘abriu’ caminho para Buemi passar, sem qualquer cerimónia, depois Félix Rosenqvist fez-lhe o ‘favor’ de bater no muro da última curva, mas quando atacou Sarrazin este defendeu-se com fervor. Os dois chegaram a tocar-se, mas o suíço acabou por perceber que mais valia a quarta posição do que abandonar e ficar ainda mais longe de Lucas di Grassi no campeonato.

Classificação

1º Lucas di Grassi (Team Abt) 35 voltas
2º Jean-Eruc Vergne (Techeetah) a 0,350s
3º Stéphane Sarrazin (Techeetah) a 7,869s
4º Sébastien Buemi (Renault eDams) a 8,256s
5º Daniel Abt (Team Abt) a 8,592s
6º Sam Bird (Virgin Racing) a 8,913s
7º Nicolas Prost (Renault eDams) a 10,058s
8º Mitch Evans (Jaguar Racing) a 10,457s
9º Robin Frijns (Andretti Motorspor) a 15,836s
10º Félix Rosenqvist (Mahindra Racing) a 16,764s
(…)
15º António Félix da Costa (Andretti Autosport) a 34,786s