Honda leva robôs ao serviço da humanidade ao CES

O 3E Robotics Concept assenta em 3 noções – Empower, Experience, Empathy – e representam um conjunto de tecnologias revolucionárias. Com diferentes designs e funções, os robôs podem ajudar as pessoas em várias situações. O fabricante revelou ainda o Honda Mobile Power Pack, um conceito que oferece soluções multifacetadas de energia.

A Honda reservou para o CES a apresentação da sua visão do futuro em que os robôs podem ser determinantes na vida das pessoas. Não é um cenário apocalíptico, em que a Inteligência Artificial ganha vontade própria e substitui os humanos, um receio cada vez mais disseminado e apoiado em obras de ficção científica e de terror. O Honda 3E Robotics Concept baseia-se em três termos – Empower, Experience, Empathy – e estas tecnologias pretendem facilitar o quotidiano de cada um.

Empower, o caráter prático

A primeira noção, a ‘Empower’, remete precisamente para a força de trabalho. Apresentado no concept autónomo 3E-D18, este conceito prevê que os robôs possam ajudar em tarefas práticas, como é o caso de operações de busca e salvamento, de combate aos incêndios, da construção e de atividades agrícolas. O 3E-D18 tem o potencial de minimizar a exposição dos humanos a ambientes perigosos e pode ajudar em tarefas comuns do dia-a-dia.

O 3E-D18 baseia-se na estrutura dos quadriciclos da Honda, equipado com um sistema de tração às quatro rodas e pneus de elevada resistência, “virtualmente indestrutíveis”, segundo a marca. Tem também um sistema de localização GPS e um sensor de autonomia, capaz de guiar o aparelho numa extensa variedade de ambientes. Valências antevistas no robô E2-DR. O ponto mais prático do 3E Robotics Concept.

A Honda demonstrou também o 3E-B18, um robô concebido para o uso em espaços interiores e exteriores. Este dispositivo pode ajudar as pessoas em atividades diárias, movendo-se de forma fluída em espaços reduzidos. A plataforma base recursa ao ‘Mobile Power Pack’ da Honda, equipado com sensores de Inteligência Artificial para o desempenho de funções autonomamente.

Experience, a ideia de que as pessoas e os robôs crescem interagindo entre si

A Honda crê que as pessoas e os robôs se desenvolvem através das interações entre si, tornando-se mais úteis para a sociedade como um todo. Para representar o conceito, os nipónicos mostraram o 3E-C18, um robô de dimensões compactas concebido para ser utilizado como uma plataforma de suporte a atividades de empresários, artistas e todos os que procurem ideias novas para a sociedade.

Através da Inteligência Artificial, o robô tem a capacidade de aprender através da observação das interações dos humanos e operar autonomamente. Semelhante à forma de um carrinho de compras, o 3E-C18 incorpora vários compartimentos de armazenagem e dispõe de uma função de condução.

Empathy, os robôs têm compaixão e empatia

Os robôs também podem ter sentimentos. Integrada no 3E Robotics Concept, nesta visão da Honda, integrada no robô 3E-A18, os dispositivos, dotados de Inteligência Artificial, têm capacidade para comunicar e cooperar com as pessoas.

Em cenários práticos, o 3E-A18 pode ser um guia em locais como aeroportos e centros comerciais, sendo capaz de oferecer informação e perceber as necessidades das pessoas, analisando as suas expressões. Vem até revestido por um tecido suave, convidativo aos toques e até aos abraços!

‘Mobile Power Pack World’, o que é e para que serve?

A Honda acredita que a energia renovável é uma fonte aplicável a dispositivos móveis, dispositivos digitais e a eletrodomésticos. Como o período de geração de energia renovável pode não coincidir com a necessidade de abastecimento – como a energia eólica durante a noite – a Honda procura armazenar o excesso de energia em baterias portáteis.

O ‘Mobile Power Pack’ é um pacote de energias portátil e recarregável que pode ser utilizado como fonte de energia em variadas situações. Com uma saída de pelo menos 1 kWh, e utilizando mais do que um pacote, é possível utilizar esta solução como fonte de energia de motociclos elétricos e produtos elétricos móveis.

Para o carregamento dos próprios dispositivos, a Honda apresentou o ‘Mobile Power Pack Exchanger Concept’, que contempla uma estação de carregamento capaz de recarregar vários pacotes ‘Mobile Power Pack’. A ideia é de que estas estações estejam disponíveis, por exemplo, nas ruas, servindo não só para carregar os dispositivos como também para ajudar a estabilizar a rede energética, transferindo eletricidade quando a rede é mais solicitada.

A Honda apresentou este conceito exibindo a scooter PCX Electric, que fez uso do pacote de baterias, e o Honda Mobile Power Pack 4W-Vehicle Concept, um compacto EV que incorpora entradas para até dois pacotes de baterias.

Com o 3E Robotics Concept e o Honda Mobile Power Pack, o fabricante nipónico procura revolucionar o modo como os robôs interagem com as pessoas e desenvolver um conjunto de tecnologias não só ao serviço da humanidade como também amigas do ambiente.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.