Fórmula E oferece 1180cv ao Audi RS3

A Schaeffer apresentou um Audi RS3 com motorização do Fórmula E que debita mais de 1000cv. Infelizmente, este modelo não será alvo de uma produção em série, mas apesar de tudo pode garantir mais emoção no futuro ao volante de desportivos elétricos.

Quatro vezes 220kW significam, basicamente, 880kW. Ou seja, o equivalente a 1180cv. Esta foi a simples multiplicação que serviu de base para a apresentação de um Audi RS3 com motorização do Fórmula E da equipa ABT Schaeffer, o que significa que a potência do quarteto de motores elétricos (um em cada roda) ofereceu ao desportivo germânico um total de 1180cv. Capaz de acelerar até aos 200km/h em menos de sete segundos, o que significa envergonhar grande parte dos superdesportivos atuais, o modelo tem dois motores elétricos em cada eixo, aninhados de forma compacta com a transmissão, mas com ligação independente de cada propulsor à roda mais próxima.

Há que referir ainda que este protótipo criado pela Schaeffer tem ainda um sistema ativo de vetorização de binário. Algo que se explica facilmente porque o Audi RS3 com motorização do Fórmula E não será produzido em série, sendo apresentado como um “laboratório de testes sobre rodas pelo livre escalonamento da potência” que serve para desenvolver tecnologias destinadas a veículos elétricos de performance. É indicado que ele será utilizado na investigação a sistemas de controlos dinâmicos do carro com base em softwares, algo onde se integra a referida vetorização do binário.

E podemos concluir que, pelos seus 1180cv, este Audi RS3 com motorização do Fórmula E designado Schaeffer 4ePerformance promete ser uma excelente cobaia para garantir que os futuros desportivos de performance não vão matar a emoção ao volante.

a carregar vídeo

Nuno Fatela/Turbo

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.