A Gigafactory da Tesla vista do céu

a carregar vídeo

A Gigafactory da Tesla nos EUA continua em construção e quando estiver concluída irá ser a fábrica com maior área do mundo. Novas filmagens de drone revelam a rápida evolução deste extraordinário complexo que deverá estar completo em 2020. 

A Gigafactory começou a ser construída em 2014 para produzir baterias elétricas e a marca americana espera que no final de 2018 a capacidade de produção de baterias de iões de lítio exceda aquela que era produzida em todo o mundo em 2013. A Tesla defende ainda que com esta unidade fabril, será capaz de fabricar baterias com um preço inferior em cerca de 30 por cento às atuais, além de ser capaz de fazer a maior parte da reciclagem das baterias usadas. Com um investimento global de 5 mil milhões de dólares a primeira Gigafactory da Tesla permitirá à empresa de Ellon Musk ser o maior fabricante mundial de baterias de iões de lítio.

A Gigafactory ocupará uma área coberta de 6 milhões de metros quadrados, dando emprego a 6500 operários, apesar do alto nível de automotização do processo industrial.

A marca de mobilidade e inovação pretende instalar uma Gigafactory na Europa nos próximos anos e Portugal é um dos países que está na corrida para a receber.