Um carro para Le Mans desenvolvido em Portugal

A Araújo Competição vai associar-se à ADESS AG, construtora de sport-protótipos para a categoria LMP3, tornando-se responsável pelo desenvolvimento do carro, que tem tido pouca procura até agora num mercado dominado pela Ligier. A ADESS vai também transferir a sua atividade para os arredores de Lisboa, para poder trabalhar com a equipa portuguesa, e aproveitando a entrada em simultâneo de Carlos Tavares como investidor no construtor alemão.

A marca de Stéphane Chosse foi uma das aprovadas pelo Automobile Club de l’Ouest para desenvolver carros para a categoria LMP3, mas o trabalho de desenvolvimento atrasou-se durante anos e a equipa apenas conseguiu estar presente na Asian Le Mans Series, com equipas e pilotos pouco competitivos.

Com a Araújo Competição, a ADESS tem a oportunidade de voltar a atacar o mercado europeu, podendo tornar o carro mais competitivo, aproveitando a experiência da equipa lisboeta a trabalhar com  sport-protótipos, incluindo os Radical SR3 e os Norma da categoria CN. A Araújo Competição vai alinhar no V de V, que este ano visita Portugal em duas ocasiões (Portimão em abril, Estoril em novembro), tendo como objetivo inscrever dois carros, necessitando agora de encontrar pilotos interessados em participar no campeonato de origem francesa.

Paulo Manuel Costa/Autosport