Um elemento que ocupa muito espaço no espaço no habitáculo é o volante, mas os automobilistas do futuro vão finalmente ver-se livres desta peça. Afinal, vêm aí os automóveis com condução autónoma, e não vai ser necessário conduzir. É por isso que a Ford já patenteou um sistema que permite ao automóvel do futuro ser vendido sem volante nem pedais.

A ideia é que o volante e os pedais passem a ser opcionais, e que também se possam retirar e voltar a montar conforme o dono do carro o deseje. A patente deste sistema permite o encaixe fácil destas peças, providenciando também uma cobertura para tapar os encaixes. Finalmente, como o airbag do condutor é instalado no interior do volante, a Ford também inclui um airbag adicional no tablier, com um sensor para detetar se o volante está montado.

Não há planos para implementar este sistema em breve. Para começar, os carros autónomos ainda não estão à venda, e qualquer venda de automóveis sem volante vai estar dependente da legislação futura. Seria necessário que um automóvel fosse autorizado a circular sem a presença de um condutor, algo que ainda não está previsto legalmente.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.