De certeza que já notou, mas deixou de se preocupar, passando a considerar isso apenas como “o barulho que o carro faz em marcha-atrás”, algo de natural. Mas embora não pense muito nisso, existe um motivo para o motor fazer esse barulho quando acelera a recuar o seu automóvel. E não se preocupe, não há nada de errado.

O barulho que o carro faz a deslocar-se em marcha-atrás é mais agudo do que quando anda normalmente para a frente, e a razão é porque a engrenagem usada para a marcha-atrás é diferente da que é usada para as outras cinco ou seis velocidades. A roda das engrenagens normais tem uma forma helicoidal, de modo a que os elementos entrem em contacto de forma mais suave.

Na marcha-atrás, é usada uma roda dentada, que tem uma maior superfície de contacto, assegurando que as peças em contacto se mexem de uma forma mais precisa, mas o contacto também é mais violento, fazendo mais barulho. Se usasse uma engrenagem helicoidal, seria menos precisa e poderia não transmitir a força necessária (as relações de marcha-atrás são muito mais curtas que as outras). Se as mudanças para a frente fossem dentadas, o condutor teria mais trabalho para engrená-las.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.