Rali da Finlândia: Altas velocidades geram preocupação

FIA WORLD RALLY CHAMPIONSHIP 2016 -WRC Finland (FIN) - WRC 28/07/2016 to 31/07/2016 - PHOTO : @World

A questão das altas velocidades que se atingem nos ralis nórdicos do Campeonato do Mundo, em especial na Finlândia, volta a estar na ‘ordem do dia’. A prova escandinava – a nona do WRC, que se disputa entre 28 e 30 de julho – sempre foi conhecida tanto pelos seus saltos épicos como pelas sua rápidas classificativas, mas depois do Rali da Suécia questão da segurança volta a ser colocada com mais veemência. Kai Tarkiainen, Diretor de prova, é o primeiro a admitir que podem existir coisas a corrigir.

O Rali da Finlândia já foi aprovado em janeiro, mas isso não quer dizer que a FIA não queira algumas garantias que alguns problemas com a segurança sejam corrigidos, fazendo baixar as médias nos troços cronometrados. “A segurança é, como óbvio, a prioridade número um, e agora a situação mudou relativamente ao que se verificava no começo do ano. Vamos procurar a melhor solução possível na matéria, e também em termos desportivos”, admitiu Tarkiainen. Não se sabe se isto significará utilizar chicanes dispendiosas ou sem como em 2016, colocar impopulares obstáculos sólidos em rápidos trechos das especiais. No ano passado o Rali da Finlândia foi ganho por Kris Meeke a uma velocidade média de 126,61 km/h, a mais alta de sempre numa prova do WRC. E isso utilizando um carro da anterior geração de WRC.

Nuno Barreto Costa