Miguel Oliveira: “É importante melhorar a qualificação”

Regular é a palavra que melhor define a temporada de Miguel Oliveira. Após sete rondas da temporada de 2018 em Moto2, o piloto luso até ao momento nunca ficou abaixo de sexto numa contenda e vem numa sequência de dois pódios consecutivos.

Resultados que permitem a Oliveira partir para o Grande Prémio da Holanda, em Assen, no segundo lugar do campeonato e apenas a um ponto do comando do campeonato que está na posse de Francesco Bagnaia.

“Tivemos dois resultados muito positivos em Mugello e Barcelona, ​o que nos permitiu aproximar-nos da liderança do campeonato, mas ainda é muito cedo e temos de trabalhar corrida a corrida. A ideia é continuar da mesma forma neste fim de semana, embora exista um ponto importante a melhorar, a qualificação. Não podemos partir de tão longe aos domingos, porque é um risco que não podemos continuar a assumir. Temos de melhorar o nosso trabalho às sextas-feiras e aos sábados para chegarmos aos domingos da forma mais preparada possível”, analisou o piloto da Red Bull KTM Ajo.

O vice-campeão do mundo de Moto3 em 2015 explicou ainda que o circuito de Assen é “muito mais estreito e muito fluído em comparação com os circuitos mais recentes em que estivemos, mas temos muito boas recordações deste circuito. Em 2017 foi em Assen que estivemos pela primeira vez a lutar pelo triunfo. Porém no final estávamos na parte de trás do grupo principal. Espero poder voltar ao pódio e conseguir tantos pontos quanto possível para o campeonato”.

Alexandre Melo/Motosport

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.