MotoGP: Ducati perde patrocinador importante

Em 2017 pela primeira vez em muitos anos a Ducati esteve na discussão pelo título mundial de pilotos, por intermédio de Andrea Dovizioso, que discutiu o ceptro mundial com Marc Márquez até ao último Grande Prémio da época.

Porém essa situação parece não ter sido suficiente para a perda de um dos mais importantes patrocinadores da equipa. De acordo com informação avançada pela publicação italiana, ‘Corriere della Sera’, a marca de telecomunicações TIM já não irá patrocinar a Ducati na temporada de 2018.

A decisão terá sido tomada pelo novo CEO da TIM, Amos Genish, que coloca assim um ponto final numa parceria que havia sido iniciada em 2004.

Veremos agora qual será a resposta da Ducati a esta importante baixa. Na próxima segunda-feira será apresentada a moto e equipa para 2018 pelo que este poderá ser um bom momento para também, quem sabe, apresentar um novo patrocinador.

A saída da TIM provoca algum ‘frisson’ no plano económico da formação transalpina, isto numa fase onde elementos da Ducati já reconheceram publicamente que não será tarefa fácil renovar contrato com Andrea Dovizioso, pois este irá pedir um significativo aumento salarial.