Imagine um carro elétrico. A primeira que veio à cabeça foi um automóvel todo futurista, baixinho, cheio de ângulos e luzes com LED, com portas que abrem em tesoura. E estava numa cidade cheia de prédios altos. Não foi? Mas se o carro do futuro for 100% elétrico, não pode andar só na cidade, tem que ir a todo o lado. É por isso que o designer brasileiro, Eduardo Galvani, do estúdio Hemisfério Criativo, propõe o Nimbus.

Galvani inspirou-se no mito do centauro para criar o Nimbus. O mítico animal era uma mistura de cavalo com humano, baseado em memórias ancestrais de populações da Idade do Bronze, atacadas por guerreiros a cavalo. Mas, do ponto de vista do guerreiro, eram a simbiose perfeita. Para Galvani, o Nimbus também é uma simbiose, entre carro e condutor.

Com um motor elétrico de 177 cv e tração às quatro rodas, está à vontade tanto na cidade como em aventuras fora de estrada. E é ideal para uma família, pois tem espaço para cinco passageiros e 500 litros na bagageira.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.